A Paixão – Almeida Faria

A Paixão – Almeida Faria

Originalmente publicado em 1965 e considerado um marco na moderna literatura portuguesa, este romance-poema faz parte da chamada Trilogia Lusitana e influenciou, entre outros, Raduan Nassar, no seu Lavoura arcaica. Dividido em três partes (Manhã, Tarde e Noite), A Paixão se desenrola durante a Sexta-Feira Santa, numa propriedade rural do Alentejo, sul de Portugal. O autor dá voz aos diversos habitantes da casa: pai, mãe, filhos, empregados. Os fluxos de consciência se alternam, assim, a cada capítulo, e compõem uma verdadeira sinfonia polifônica, de orquestração magistral.

Originalmente publicado em 1965 e considerado um marco na moderna literatura portuguesa, este romance-poema faz parte da chamada Trilogia Lusitana e influenciou, entre outros, Raduan Nassar, no seu Lavoura arcaica. Dividido em três partes (Manhã, Tarde e Noite), A Paixão se desenrola durante a Sexta-Feira Santa, numa propriedade rural do Alentejo, sul de Portugal. O autor dá voz aos diversos habitantes da casa: pai, mãe, filhos, empregados. Os fluxos de consciência se alternam, assim, a cada capítulo, e compõem uma verdadeira sinfonia polifônica, de orquestração magistral.

1 comentário em “A Paixão – Almeida FariaAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *