cover

A número um – Raquel de Oliveira

“O amor bandido narrado por este livro supera tudo que já falamos sobre a favela.” A coragem e a força narrativa de Raquel de Oliveira fazem deste romance um marco para a história da literatura brasileira. Criada desde pequena entre criminosos da maior favela do Rio, ela viveu um amor extraordinário com um dos principais traficantes cariocas e se tornou, ela própria, personagem central do tráfico de drogas na cidade. Contar essa história já seria muito, mas Raquel vai além: contrariando qualquer expectativa, ela suplanta as amarras da memória e transforma a própria experiência em uma obra literária que, como poucas, mostra-se a cada página digna deste nome. Em ritmo vibrante, constrói uma narrativa áspera, perturbadora, que traz o leitor para dentro de um mundo a um só tempo singular e profundamente humano.

“O amor bandido narrado por este livro supera tudo que já falamos sobre a favela.” A coragem e a força narrativa de Raquel de Oliveira fazem deste romance um marco para a história da literatura brasileira. Criada desde pequena entre criminosos da maior favela do Rio, ela viveu um amor extraordinário com um dos principais traficantes cariocas e se tornou, ela própria, personagem central do tráfico de drogas na cidade. Contar essa história já seria muito, mas Raquel vai além: contrariando qualquer expectativa, ela suplanta as amarras da memória e transforma a própria experiência em uma obra literária que, como poucas, mostra-se a cada página digna deste nome. Em ritmo vibrante, constrói uma narrativa áspera, perturbadora, que traz o leitor para dentro de um mundo a um só tempo singular e profundamente humano.

1 comentário em “A número um – Raquel de OliveiraAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *