A Noite dos Tempos – René Barjavel

A Noite dos Tempos – René Barjavel

“O enredo deste romance é tão absurdo e fascinante quanto à própria realidade”.

Tudo se passa no continente Antártico, onde pesquisadores franceses descobrem um sinal que é emitido das profundezas do solo. Com a ajuda de quase todas as nações da Terra, cria-se uma expedição com os maiores sábios técnicos de diferentes áreas e de todas as partes do mundo e inicia-se uma jornada ao centro do Pólo Sul.

A fantásticos mil metros de profundidade de gelo e rocha, descortina-se aos olhos da humanidade restos de uma civilização muitíssimo mais avançada, congelada a novecentos mil anos. A galeria aberta no gelo conduz a expedição a um abrigo, onde dormem congelados, há 900 mil anos, um homem e uma mulher.

Assim começa a narrativa de um amor apaixonado, que nem mesmo a morte pôde destruir.

A partir daí desenrola-se toda uma trama, na qual se assiste a fraqueza da alma humana, amores impossíveis, traição e desastres atômicos, mostrando a realidade do mundo daquela época, quando a insensatez da corrida armamentista igualou uma sociedade (que se achava) supertecnológica à dos tempos da Pedra lascada.

“O enredo deste romance é tão absurdo e fascinante quanto à própria realidade”.

Tudo se passa no continente Antártico, onde pesquisadores franceses descobrem um sinal que é emitido das profundezas do solo. Com a ajuda de quase todas as nações da Terra, cria-se uma expedição com os maiores sábios técnicos de diferentes áreas e de todas as partes do mundo e inicia-se uma jornada ao centro do Pólo Sul.

A fantásticos mil metros de profundidade de gelo e rocha, descortina-se aos olhos da humanidade restos de uma civilização muitíssimo mais avançada, congelada a novecentos mil anos. A galeria aberta no gelo conduz a expedição a um abrigo, onde dormem congelados, há 900 mil anos, um homem e uma mulher.

Assim começa a narrativa de um amor apaixonado, que nem mesmo a morte pôde destruir.

A partir daí desenrola-se toda uma trama, na qual se assiste a fraqueza da alma humana, amores impossíveis, traição e desastres atômicos, mostrando a realidade do mundo daquela época, quando a insensatez da corrida armamentista igualou uma sociedade (que se achava) supertecnológica à dos tempos da Pedra lascada.

1 comentário em “A Noite dos Tempos – René BarjavelAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *