À Margem da História – Euclides da Cunha

À Margem da História – Euclides da Cunha

À Margem da História” é uma obra póstuma que saiu somente um mês após a morte do escritor Euclides da Cunha. Compõe-se de quatro partes: Na Amazônia, Terra Sem História (sete capítulos sobre a região amazônica), Vários Estudos (três capítulos sobre assuntos americanos), Da Independência à República (ensaio histórico) e Estrelas Indecifráveis (crônica). São, na verdade, uma reunião de ensaios do escritor, nas quais se evidenciam sua disposição de colher dados históricos sobre a Amazônia nos arquivos e documentos.

Euclides Rodrigues da Cunha nasceu em 1866, no Rio de Janeiro. Foi escritor, sociólogo, repórter jornalístico, historiador, geógrafo, poeta e engenheiro e eleito em 1903 para a cadeira 7 da Academia Brasileira de Letras. Morreu em 1909.

À Margem da História” é uma obra póstuma que saiu somente um mês após a morte do escritor Euclides da Cunha. Compõe-se de quatro partes: Na Amazônia, Terra Sem História (sete capítulos sobre a região amazônica), Vários Estudos (três capítulos sobre assuntos americanos), Da Independência à República (ensaio histórico) e Estrelas Indecifráveis (crônica). São, na verdade, uma reunião de ensaios do escritor, nas quais se evidenciam sua disposição de colher dados históricos sobre a Amazônia nos arquivos e documentos.

Euclides Rodrigues da Cunha nasceu em 1866, no Rio de Janeiro. Foi escritor, sociólogo, repórter jornalístico, historiador, geógrafo, poeta e engenheiro e eleito em 1903 para a cadeira 7 da Academia Brasileira de Letras. Morreu em 1909.