Romance

A Máquina – Adriana Falcão

É em Nordestina, uma cidadezinha sem futuro, o cenário da doidice de Antônio por Karina.
É onde se torna cada vez mais frequente o passeio das sombras deixando a cidade pelo asfalto quente, onde os diálogos nem sempre conversam e onde uma máquina é instalada.
É lá mesmo, onde o nada insiste em acontecer todos os dias, que um dia algo acontece.

A Máquina é uma fábula sobre o amor e o tempo. Um jogo de aposta: “você quer que eu traga o mundo pra você?” Uma nova autora e uma prosa que, no dizer de Luis Fernando Verissimo, “tem sortilégio”: “A gente se encanta com ela no sentido de se deliciar, mas também no sentido de cobra hipnotizada.”

(Visited 4 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Powered by: Wordpress