A Forma da Água – Andrea Camilleri

A Forma da Água – Andrea Camilleri

Criador do inigualável comissário Montalbano, Andrea Camilleri é o mais novo fenômeno literário da Itália e mais um escritor a render-se aos feitiços do romance noir. A FORMA DA ÁGUA é o primeiro de uma série de romances protagonizados por esse detetive siciliano que já se encontra ao lado de grandes protagonistas da ficção policial como Maigret ou Marlowe. A obra inaugura a nova fase da Coleção negra — dedicada aos clássicos da literatura policial: a série Especial noir europeu.

A história se passa na pequena cidade natal de Montalbano, Vigáta, na Sicília, onde um grande terreno na periferia da cidade foi transformado num paraíso para drogados e prostitutas desde que o ministro do interior transferiu para o lugarejo um enorme contingente militar. Neste terreno, dois jovens encontram, entre as muitas camisinhas usadas que recolhem diariamente, o corpo do engenheiro Luparello, cacique da política local. Os dois correm para dar a notícia ao comissário Salvo Montalbano, que faz de tudo para descobrir a verdade, mesmo lutando contra a insuficiência das leis e a impotência do Estado italiano diante dos negócios político-mafiosos.

A Forma da Água – Andrea CamilleriCriador do inigualável comissário Montalbano, Andrea Camilleri é o mais novo fenômeno literário da Itália e mais um escritor a render-se aos feitiços do romance noir. A FORMA DA ÁGUA é o primeiro de uma série de romances protagonizados por esse detetive siciliano que já se encontra ao lado de grandes protagonistas da ficção policial como Maigret ou Marlowe. A obra inaugura a nova fase da Coleção negra — dedicada aos clássicos da literatura policial: a série Especial noir europeu.

A história se passa na pequena cidade natal de Montalbano, Vigáta, na Sicília, onde um grande terreno na periferia da cidade foi transformado num paraíso para drogados e prostitutas desde que o ministro do interior transferiu para o lugarejo um enorme contingente militar. Neste terreno, dois jovens encontram, entre as muitas camisinhas usadas que recolhem diariamente, o corpo do engenheiro Luparello, cacique da política local. Os dois correm para dar a notícia ao comissário Salvo Montalbano, que faz de tudo para descobrir a verdade, mesmo lutando contra a insuficiência das leis e a impotência do Estado italiano diante dos negócios político-mafiosos.

1 comentário em “A Forma da Água – Andrea CamilleriAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *