A era da ilusão : a diplomacia nuclear em tempos traiçoeiros – Mohamed Elbaradei

A era da ilusão : a diplomacia nuclear em tempos traiçoeiros – Mohamed Elbaradei

O homem agraciado com o Prêmio Nobel e que se encontra no centro dos confrontos mais explosivos do planeta fala pela primeira vez sobre sua relação com os Estados Unidos, suas negociações com o Irã, reforma e democracia no Oriente Médio e sobre as perspectivas de um futuro livre de armas nucleares. Nas últimas duas décadas Mohamed ElBaradei teve papel chave nos maiores conflitos de nossa era. Considerado o único diplomata a manter credibilidade no mundo árabe e no Ocidente, ElBaradei emergiu como voz única e independente. Como diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica da ONU, lidou com a administração Bush durante a invasão do Iraque, as aspirações nucleares da Coreia do Norte e o impasse do Ocidente com o Irã. Graças aos seus esforços para controlar a proliferação nuclear, ElBaradei e sua agência receberam o Prêmio Nobel da Paz em 2005. Agora, em um relato vívido e detalhado, ElBaradei nos leva para dentro dessa enorme disputa internacional. Inspetor, conselheiro e mediador, ele vai de Bagdá, onde oficiais iraquianos tristemente previam a guerra que estava por vir, aos bastidores de conversas com Condoleezza Rice e às ruas de Pyongyang, seguindo o rastro de contrabandistas nucleares paquistaneses. Ele disseca as possibilidades de reaproximação com o Irã e rejeita as ideologias radicais de qualquer tipo, censurando pensamentos do tipo “nós contra eles” e insistindo na necessidade de uma diplomacia inesgotável. Acima de tudo, ElBaradei ilustra que a segurança das nações está totalmente relacionada à segurança dos indivíduos, dependendo não apenas do desarmamento, mas de um compromisso universal de dignidade humana, valores democráticos e liberdade de expressão. Incisivo e eloquente, A Era da Ilusão é um relato ímpar da luta da sociedade para controlar as incertezas de nossa época.

O homem agraciado com o Prêmio Nobel e que se encontra no centro dos confrontos mais explosivos do planeta fala pela primeira vez sobre sua relação com os Estados Unidos, suas negociações com o Irã, reforma e democracia no Oriente Médio e sobre as perspectivas de um futuro livre de armas nucleares. Nas últimas duas décadas Mohamed ElBaradei teve papel chave nos maiores conflitos de nossa era. Considerado o único diplomata a manter credibilidade no mundo árabe e no Ocidente, ElBaradei emergiu como voz única e independente. Como diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica da ONU, lidou com a administração Bush durante a invasão do Iraque, as aspirações nucleares da Coreia do Norte e o impasse do Ocidente com o Irã. Graças aos seus esforços para controlar a proliferação nuclear, ElBaradei e sua agência receberam o Prêmio Nobel da Paz em 2005. Agora, em um relato vívido e detalhado, ElBaradei nos leva para dentro dessa enorme disputa internacional. Inspetor, conselheiro e mediador, ele vai de Bagdá, onde oficiais iraquianos tristemente previam a guerra que estava por vir, aos bastidores de conversas com Condoleezza Rice e às ruas de Pyongyang, seguindo o rastro de contrabandistas nucleares paquistaneses. Ele disseca as possibilidades de reaproximação com o Irã e rejeita as ideologias radicais de qualquer tipo, censurando pensamentos do tipo “nós contra eles” e insistindo na necessidade de uma diplomacia inesgotável. Acima de tudo, ElBaradei ilustra que a segurança das nações está totalmente relacionada à segurança dos indivíduos, dependendo não apenas do desarmamento, mas de um compromisso universal de dignidade humana, valores democráticos e liberdade de expressão. Incisivo e eloquente, A Era da Ilusão é um relato ímpar da luta da sociedade para controlar as incertezas de nossa época.

1 comentário em “A era da ilusão : a diplomacia nuclear em tempos traiçoeiros – Mohamed ElbaradeiAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *