A Conquista Social da Terra – Edward O. Wilson

A Conquista Social da Terra – Edward O. Wilson

De onde viemos? O que somos? Para onde vamos? Essas perguntas fundamentais são o ponto de partida deste livro. Em busca das respostas, o autor se concentra na complexa vida social atingida por insetos como formigas, abelhas e cupins, e por pouquíssimos mamíferos – entre eles os seres humanos. Em comum, esses organismos têm um pré-requisito essencial à formação de sociedades avançadas: a necessidade de se fixar em um ninho e defendê-lo de inimigos. No caso dos seres humanos, esses ninhos são acampamentos, aldeias, cidades. O que nos permitiu chegar a uma organização social ainda mais complexa é um corpo avantajado com um cérebro grande e desenvolvido, características que possibilitaram ao homem pré-histórico dominar o fogo e se embrenhar por caminhos tecnológicos. A grande preocupação do pai da sociobiologia neste livro é elucidar os mecanismos evolutivos por trás do surgimento das gigantescas sociedades de formigas e da cultura de nossa espécie. Está aí, para ele, o cerne da natureza humana. Edward O. Wilson é um mestre em fazer grandes sínteses de ideias. É o que fez quando publicou Sociobiology, em 1975, e é o que volta a fazer agora, quando reúne ciências biológicas e humanas para rever o papel da seleção de parentesco e sustentar a área de pesquisa que ele mesmo liderou. Seja para entender como a seleção natural sobre o desempenho de grupos pode influenciar a evolução social de uma espécie, para discordar ou contribuir nos rumos propostos pelo autor, este livro é leitura essencial. E, quem sabe, esteja na origem de uma linha de pensamento em ascensão.

De onde viemos? O que somos? Para onde vamos? Essas perguntas fundamentais são o ponto de partida deste livro. Em busca das respostas, o autor se concentra na complexa vida social atingida por insetos como formigas, abelhas e cupins, e por pouquíssimos mamíferos – entre eles os seres humanos. Em comum, esses organismos têm um pré-requisito essencial à formação de sociedades avançadas: a necessidade de se fixar em um ninho e defendê-lo de inimigos. No caso dos seres humanos, esses ninhos são acampamentos, aldeias, cidades. O que nos permitiu chegar a uma organização social ainda mais complexa é um corpo avantajado com um cérebro grande e desenvolvido, características que possibilitaram ao homem pré-histórico dominar o fogo e se embrenhar por caminhos tecnológicos. A grande preocupação do pai da sociobiologia neste livro é elucidar os mecanismos evolutivos por trás do surgimento das gigantescas sociedades de formigas e da cultura de nossa espécie. Está aí, para ele, o cerne da natureza humana. Edward O. Wilson é um mestre em fazer grandes sínteses de ideias. É o que fez quando publicou Sociobiology, em 1975, e é o que volta a fazer agora, quando reúne ciências biológicas e humanas para rever o papel da seleção de parentesco e sustentar a área de pesquisa que ele mesmo liderou. Seja para entender como a seleção natural sobre o desempenho de grupos pode influenciar a evolução social de uma espécie, para discordar ou contribuir nos rumos propostos pelo autor, este livro é leitura essencial. E, quem sabe, esteja na origem de uma linha de pensamento em ascensão.

1 comentário em “A Conquista Social da Terra – Edward O. WilsonAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *