A conjuração de Catilina – Salústio

A conjuração de Catilina – Salústio

A «Conjuração de Catilina» relata o conjunto de eventos que constituíram o malogrado plano de Lúcio Sérgio Catilina (108–62) para se assenhorear do poder em Roma, no ano do consulado de Cícero, 63. Catilina, de família patrícia romana, provavelmente pretor em 68, governador da província da África no intervalo de 67 a 66, tentara por duas vezes eleger-se cônsul, sem sucesso (64-63). Candidato ao consulado para o ano de 63, fora vencido por Cícero e Caio Antônio. Ao final desse ano, apoiado pela facção dos populares, candidata-se novamente ao mesmo cargo para o ano de 62, mas sofre outra derrota, desta vez para Lúcio Licínio Murena e Décimo Júnio Silano.

A «Conjuração de Catilina» relata o conjunto de eventos que constituíram o malogrado plano de Lúcio Sérgio Catilina (108–62) para se assenhorear do poder em Roma, no ano do consulado de Cícero, 63. Catilina, de família patrícia romana, provavelmente pretor em 68, governador da província da África no intervalo de 67 a 66, tentara por duas vezes eleger-se cônsul, sem sucesso (64-63). Candidato ao consulado para o ano de 63, fora vencido por Cícero e Caio Antônio. Ao final desse ano, apoiado pela facção dos populares, candidata-se novamente ao mesmo cargo para o ano de 62, mas sofre outra derrota, desta vez para Lúcio Licínio Murena e Décimo Júnio Silano.

1 comentário em “A conjuração de Catilina – SalústioAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *