A Cidade e a Cidade – China Miéville

A Cidade e a Cidade – China Miéville

Quando o corpo de uma mulher assassinada é encontrado na decadente cidade de Beszel, em algum lugar nos confins da Europa, parece apenas mais um caso trivial para o Inspetor Tyador Borlú, do Esquadrão de Crimes Extremos. Mas, à medida que avança a investigação, as evidências começam a apontar para conspirações muito mais estranhas e mortais do que ele poderia supor. Logo seu trabalho o coloca, e aqueles ao seu redor, em perigo e Borlú deve viajar à única metrópole na Terra tão estranha quanto a sua, por meio de uma fronteira sem igual.

Quando o corpo de uma mulher assassinada é encontrado na decadente cidade de Beszel, em algum lugar nos confins da Europa, parece apenas mais um caso trivial para o Inspetor Tyador Borlú, do Esquadrão de Crimes Extremos. Mas, à medida que avança a investigação, as evidências começam a apontar para conspirações muito mais estranhas e mortais do que ele poderia supor. Logo seu trabalho o coloca, e aqueles ao seu redor, em perigo e Borlú deve viajar à única metrópole na Terra tão estranha quanto a sua, por meio de uma fronteira sem igual.

Em uma envolvente e premiada narrativa, híbrido de thriller policial e ficção científica, aos poucos descobrimos que a jovem assassinada tinha envolvimento com a agitação política e cultural entre Beszel e sua “cidade gêmea”, Ul Quoma. As duas cidades ocupam o mesmo espaço geográfico, mas constituem nações diferentes, monitoradas por um poder secreto conhecido como “Brecha”. O habitante de uma cidade é educado desde a infância a “desver” a outra cidade, seus habitantes, suas construções e os eventos que lá ocorrem. Em ambas as cidades, ignorar a separação, mesmo sem querer, é considerado um crime terrível, ainda mais grave do que cometer um assassinato.

A cidade & a cidade é o livro de estreia de China Miéville na Boitempo, que publicará todos os seus romances no Brasil. Uma narrativa que arrebatou a crítica internacional e ecoa George Orwell, Franz Kafka, Raymond Chandler, Bruno Schulz e Philip K. Dick para tecer um comentário afiado, criativo e emocionante sobre as cidades e a tendência de vermos apenas o que queremos. A tradução é de Fábio Fernandes, especialista em ficção científica e cultura digital e responsável por importantes traduções de clássicos do gênero, como Laranja mecânica, 2001: uma odisseia no espaço e Neuromancer. A ilustração da capa é de Fábio Cobiaco.

Livro vencedor dos prêmios British Science Fiction Association, World Fantasy, Arthur C. Clarke e Hugo, o mais importante da categoria.

Disponível apenas para os assinantes. Faça sua assinatura clicando aqui

 

3 comentários em “A Cidade e a Cidade – China MiévilleAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *