70% dos brasileiros não leram em 2014, diz pesquisa da Fecomercio-RJ

70% dos brasileiros não leram em 2014, diz pesquisa da Fecomercio-RJ

Leitura de livros caiu de 35% para quase 30% dos entrevistados.
Sete em cada dez pesquisados não leram um único livro em 2014.

Leitura de livros caiu de 35% para quase 30% dos entrevistados.
Sete em cada dez pesquisados não leram um único livro em 2014.

Lilia Teles, no G1

Sete em cada dez brasileiros não leram um livro sequer no ano passado, revela pesquisa da Federação do Comércio do Rio de Janeiro sobre os hábitos culturais, feita em 70 cidades de nove regiões metropolitanas.

O mapa do lazer do brasileiro revela um consumidor sem muito entusiasmo pela arte e literatura. 55% dos brasileiros responderam que não fizeram nenhuma atividade cultural em 2014. Em 2013, essa porcentagem era de 49%.

A leitura de livros caiu de 35% para quase 30% dos entrevistados. 70% dos pesquisados não leram um único livro neste ultimo ano.

O uso da internet, facilitado pelos smartphones é apontado na pesquisa como um dos responsáveis pela queda na leitura, principalmente entre os jovens.

Os frequentadores de cinema também diminuíram no ano passado. Já as idas ao teatro dobraram em relação a 2009.

Mas, ainda assim, 89% não assistiram uma peça sequer entre 2013 e 2014.

A resposta da maioria dos entrevistados é que eles não lêem ou não freqüentam atividades culturais por falta de hábito. Mas, para os pesquisadores, a situação econômica do país também interfere no lazer dos brasileiros e muitos consumidores concordam com isso.

“O crescimento da economia está menor em 2015, a propensão das pessoas a frequentar ambientes culturais provavelmente vai ser muito próxima da de 2014. Então, é importante apostar em promoções, parceria com outras empresas, inclusive de outros segmentos, para atrair esse consumidor que está mais desconfiado”, aponta Christian Travassos, gerente de economia da Fecomercio-RJ.

1 comentário em “70% dos brasileiros não leram em 2014, diz pesquisa da Fecomercio-RJAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *