5 Livros que todo Aspirante a Escritor deveria ler

5 Livros que todo Aspirante a Escritor deveria ler

Quando surge aquele ímpeto desejo interno de escrever um livro, sem dúvida a melhor forma de gastar o tempo ocioso entre a construção de um capítulo e outro, é ler um livro sobre o processo criativo. São obras que contam os segredos de uma boa narração e nos dão os truques infalíveis para desenvolver uma excelente história. Livros que olhamos meio desconfiados, mas não resistimos em fazer uma busca serena pelas suas páginas atrás de algumas boas dicas de como ser um escritor cada vez melhor.

Pensando nisso, reunimos aqui 5 livros sobre a escrita literária que são considerados indispensáveis para qualquer aspirante a escritor.

Fábio Mourão, no Dito pelo Maldito

Quando surge aquele ímpeto desejo interno de escrever um livro, sem dúvida a melhor forma de gastar o tempo ocioso entre a construção de um capítulo e outro, é ler um livro sobre o processo criativo. São obras que contam os segredos de uma boa narração e nos dão os truques infalíveis para desenvolver uma excelente história. Livros que olhamos meio desconfiados, mas não resistimos em fazer uma busca serena pelas suas páginas atrás de algumas boas dicas de como ser um escritor cada vez melhor.

Pensando nisso, reunimos aqui 5 livros sobre a escrita literária que são considerados indispensáveis para qualquer aspirante a escritor.


 

✔ O Zen e a Arte da Escrita, de Ray Bradbury
– Editora Leya
cover-450-x-653Neste livro exuberante, o incomparável Ray Bradbury compartilha sua sabedoria, experiência e estímulo de uma vida de escritor. Aqui estão dicas sobre a arte da escrita dadas por um mestre do ofício.

Um livro que reúne tudo, desde encontrar ideias originais até desenvolver a própria voz e o estilo, bem como leituras, impressões da infância e os bastidores da notável carreira de Bradbury como um autor fecundo de romances, contos, poemas, roteiros de filmes e peças de teatro. O Zen e a Arte da Escrita é mais do que um simples manual para o aspirante a escritor, é uma celebração do ato da escrita que vai encantar, exaltar e inspirar o escritor que existe em você.

 


 

✔ Sobre a Escrita: A Arte em Memórias, de Stephen King
– Editora Suma de Letras
sobre-a-escrita-stephen-king-suma-de-letrasEleito pela Time Magazine um dos 100 melhores livros de não ficção de todos os tempos e vencedor dos prêmios Bram stoker e Locus na categoria Melhor Não Ficção, Sobre a Escrita: A arte em Memórias é uma obra extraordinária de um dos autores mais bem-sucedidos de todos os tempos, uma verdadeira aula sobre a arte das letras.

O livro também não deixa de lado as memórias e experiências do mestre do terror: desde a infância até o batalhado início da carreira literária, o alcoolismo, o acidente quase fatal em 1999 e como a vontade de escrever e de viver ajudou em sua recuperação.

Com uma visão prática e interessante da profissão de escritor, incluindo as ferramentas básicas que todo aspirante a autor deve possuir, Stephen King baseia seus conselhos em memórias vívidas da infância e nas experiências do início da carreira: os livros e filmes que o influenciaram na juventude; seu processo criativo de transformar uma nova ideia em um novo livro; os acontecimentos que inspiraram seu primeiro sucesso: Carrie, a estranha. Pela primeira vez, eis uma autobiografia íntima, um retrato da vida familiar de King.

Ao mesmo tempo um álbum de memórias e uma aula apaixonante, essa obra irradia energia e emoção no assunto predileto de King: literatura. A leitura perfeita para fãs, escritores e qualquer um que goste de uma história bem-contada.


 

✔ Palavra Por Palavra – Instruções Sobre Escrever e Viver, de Anne Lamott
– Editora Sextante
palavra-por-palavra-instrucoes-sobre-escrever-e-viver-lamott-anne-isbn-9788575427170-1154-3678120-GSe o seu sonho é tornar-se escritor, preste atenção ao que Anne Lamott tem a lhe ensinar. Ela pode ajudá-lo a despertar a paixão pela escrita, dar vazão à sua criatividade e encontrar a sua voz.
Neste livro, que se tornou um clássico sobre o assunto, Anne dá dicas preciosas que incentivam qualquer pessoa que queira percorrer esse caminho a seguir em frente e não desistir.

Escrever é, por natureza, uma atividade pessoal e solitária. O que Anne faz neste livro é compartilhar exemplos e casos que explicam como ela lida com as tribulações do dia a dia – como a falta de confiança em si mesma, o bloqueio criativo e a inveja profissional -, ao mesmo tempo que discute os elementos básicos da escrita. Ela nos orienta a começar com pequenas tarefas, garante que até mesmo os autores consagrados partem de primeiros esboços ruins e nos ensina que o perfeccionismo é o maior inimigo de qualquer escritor.

Palavra por palavra acaba com a fantasia de que a publicação irá solucionar todos os problemas de sua vida e defende que a escrita em si será sua maior recompensa.

Com gentileza e bom humor, Anne seduz o leitor e lembra aos iniciantes por que eles estão escrevendo – para dizer a verdade, viver de acordo com seu coração e compartilhar seu dom com os demais.


 

✔ Escrevendo com a Alma, de Natalie Goldberg
– Editora Martins Fontes
escrevendo-com-a-alma-natalie-goldbergEscrevendo sob a perspectiva tanto de um experiente professor de redação como de um praticante do Zen, o livro de Natalie Goldberg tem como objetivo estimular escritores a confiar em si mesmos e pregar uma atitude complacente e generosa para com o ofício, ao mesmo tempo conferindo à disciplina seu devido papel.

Segundo a autora, nós sonhamos poder contar as nossas histórias ― descobrir nossa maneira de pensar, sentir e ver as coisas antes que a morte nos leve. A escrita é um caminho para nos encontrarmos e nos aproximarmos de nós mesmos. A obra mostra como a atividade de escrever traz mais confiança e ensina a despertar.

 




 

✔ Como Funciona a Ficção, de James Wood
– Editora Cosac Naify
como_funciona_a_ficcao_james_woodNotabilizado por seus ensaios na revista The New Yorker e professor de crítica literária na Universidade de Harvard, Wood aborda, numa prosa inteligente e aguçada, os mecanismos, procedimentos e efeitos da construção narrativa. A representação do real na literatura é o eixo central da análise de Wood, que questiona os limites entre artifício e verossimilhança na ficção.

Em dez capítulos, elementos fundamentais do texto ficcional são discutidos pelo autor: o personagem, o foco narrativo, o estilo. A partir de vasto e diversificado repertório literário de Henry James a Flaubert, de Tchekhov e Nabokov a Beatrix Potter e John le Carré, este livro “perspicaz e cheio de achados”, nas palavras de Milton Hatoum, traz análises reveladoras e acessíveis mesmo àqueles que desconhecem os rudimentos da crítica literária.

Referência fundamental para escritores em formação, professores de literatura, e todos que se interessem pelo mundo das letras.

3 comentários em “5 Livros que todo Aspirante a Escritor deveria lerAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *