escritorasnegras-1132x670

12 livros escritos por mulheres negras para ler em 2017

De romance à ficção científica, passando por poesia e desbravando histórias de grandes guerreiras como Dandara dos Palmares, uma lista de livros escritos por autoras negras para conhecer neste ano ainda ou 2017

De romance à ficção científica, passando por poesia e desbravando histórias de grandes guerreiras como Dandara dos Palmares, uma lista de livros escritos por autoras negras para conhecer neste ano

Por Jarid Arraes e Bianca Gonçalves

Com novos desafios e cronogramas literários para o ano de 2017, surge a oportunidade de reflexão: quantos dos livros que você leu ou pretende ler neste ano foram escritos por mulheres negras? Quantas autoras negras você conhece? Neste breve momento de questionamento, é possível apontar algumas lacunas literárias, como a falta de divulgação de escritoras negras ou o fato de serem menos publicadas por editoras e pouco convidadas para eventos literários.

A causa disso certamente não é a qualidade literária; seria, afinal, de um imenso racismo afirmar que mulheres negras produzem literatura de qualidade inferior. Há diversas escritoras incríveis que merecem muito reconhecimento.

Na lista abaixo, você pode acompanhar 12 sugestões de livros que foram escritos por mulheres negras, incluindo um bônus para refletir um pouco mais sobre a literatura negra. Confira:

 

escritorasnegras1

O Alegre Canto da Perdiz – Paulina Chiziane

Primeira mulher de Moçambique a publicar um romance, Paulina Chiziane conta nesse livro a história de Delfina e Maria das Dores, mãe e filha, mas também a história de muitas mulheres africanas e dos impactos da colonização. Seu livro retrata conflitos profundos e questões como a miscigenação na África, prostituição e até mesmo a loucura feminina. Chiziane tem oito livros publicados.  Onde comprar: livrarias físicas ou virtuais.

Bará na trilha do vento – Miriam Alves

O primeiro romance da escritora paulista Miriam Alves apresenta a protagonista Bárbara, apelidada de Bará, em situações que acontecem antes do seu aniversário de 7 anos. Com bastante poesia, o livro fala de ancestralidade negra e também das dificuldades enfrentadas pela família da protagonista, que é moradora da Vila Esperança, dando evidência à presença da orixá Iansã, que é sincretizada no Brasil como Santa Bárbara. Onde comprar: envie email para [email protected] fazendo seu pedido.

Hibisco Roxo – Chimamanda Ngozi Adichie

Em primeira pessoa, a adolescente Kambili mostra as consequências terríveis da religiosidade fanática de seu pai, Eugene, um homem muito rico, dono de fábricas e de um jornal progressista na Nigéria. Com sua família sendo gradativamente destruída pelo comportamento violento e abusivo do seu pai, Kambili ainda se apaixonada por um padre e vive a experiência de trocar uma vida de riquezas pela simples casa da tia, professora universitária em tempos de crise. Onde comprar: livrarias físicas ou virtuais.

escritorasnegras2
.

Jazz – Toni Morrison

Jazz é um romance histórico que forma a segunda parte da trilogia Dantesque, de Toni Morrison, ganhadora do Nobel de Literatura em 1983. A maior parte da história se passa em Harlem nos anos 20, mas a narrativa se estende até meados do século 19 no sul dos EUA a medida que os passados dos personagens são explorados. Onde comprar: livrarias físicas ou virtuais.
.

Kindred – Octavia Butler

Best Seller da autora de ficção científica Octavia Butler, Kindred mistura viagens no tempo com histórias sobre a escravidão nos EUA. O romance fala de uma jovem afro-americana que viaja no tempo e conhece o dono dos escravos que eram seus ancestrais. Presa no passado, ela precisa garantir a sua própria existência no seu tempo. Onde comprar: disponível somente em inglês, é possível encontrá-lo em ebook.
.

As Lendas de Dandara – Jarid Arraes

Misturando fantasia e história do Brasil, a escritora e cordelista Jarid Arraes conta a vida de Dandara dos Palmares, conhecida como companheira de Zumbi dos Palmares, mas sobre a qual não há registros históricos. Na obra, Dandara é criada pela orixá Iansã e é enviada ainda bebê ao Brasil com a missão de liderar seu povo contra a escravidão. O livro conta com dez ilustrações feitas por Aline Valek. Onde comprar: no site www.aslendasdedandara.com.br
.
escritorasnegras3.

Os Nove Pentes D’África – Cidinha da Silva

O livro infanto-junvenil Os Nove Pentes D’África conta a história do escultor e contador de histórias Francisco Ayrá, que partilha com seus netos nove pentes, como do amor, perseverança e generosidade, perpetuando seus saberes a novas gerações. Onde comprar: livrarias físicas e virtuais.
.

Olhos d’água – Conceição Evaristo

Em Olhos D´água, a autora Conceição Evaristo fala sobre a violência e a pobreza que acometem a população negra no Brasil. Estão presentes na narrativa uma pluralidade de mulheres; mães, filhas e avós, que diferem em idade, mas compartilham os mesmos desafios. Onde comprar: em livrarias físicas e virtuais.
.

Só as mulheres sangram – Lia Vieira

Só As Mulheres Sangram é coletânea de nove contos sobre o cotidiano das mulheres negras no Brasil, mostrando seus dilemas, dramas e anseios em lugares como a favela, a rua ou o presídio. Onde comprar: no site da editora www.nandyalalivros.com.br
.
escritorasnegras4
.

Terra fértil – Jenyffer Nascimento

Terra Fértil é um livro de poesias da autora Jenyffer Nascimento. Em suas poesias, a autora fala sobre diferenças sociais e sobre a sua própria origem como mulher negra. Onde comprar: na loja virtual da Mijiba www.mjiba.com.br/lojavirtual
.

Um defeito de cor – Ana Maria Gonçalves

O livro conta a história de Kehinde, uma mulher africana que é capturada e transportada como escrava para o Brasil. A narrativa fala de sua história pessoal escrita em primeira pessoa, misturada com fatos históricos do período colonial no Brasil. Onde comprar: livrarias físicas e virtuais.
.

Bônus: Vozes marginais na literatura – Érica Peçanha

Pesquisa de mestrado da autora Érica Peçanha, Vozes Marginais na Literatura fala do movimento literário que acontece na periferia de São Paulo. O livro é dividido em seis capitulos que buscam compreender o fenômeno da Literatura Marginal. Onde comprar: livrarias físicas e virtuais.

Acompanhe também a página do projeto Leia Mulheres Negras, criado e organizado por Bianca Gonçalves.

1 comentário em “12 livros escritos por mulheres negras para ler em 2017Adicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *